Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Cavaco convoca todos os partidos

Quase quinze dias depois do seu discurso no 25 de Abril, o Presidente da República voltou ontem a falar na necessidade de os partidos conseguirem "soluções de Governo" perante a crise. Para o Chefe de Estado todas as forças políticas devem estar disponíveis para assegurar entendimentos e acordos ou até coligações e alertou-as para "responsabilidades particulares" de cada uma.

7 de Maio de 2009 às 00:30
Cavaco Silva alertou para as responsabilidades dos partidos
Cavaco Silva alertou para as responsabilidades dos partidos FOTO: Mário Cruz, Lusa

'Entendo que ninguém, nenhuma força política, deve ficar de fora na procura de soluções para ultrapassar as dificuldades que Portugal vive', declarou Cavaco Silva. O esclarecimento impunha-se depois do debate político sobre a defesa ou não de um Bloco Central (PS/PSD).

A avaliar pelas palavras do Presidente, no actual cenário económico e social, Portugal não se pode dar ao luxo de ter executivos minoritários, leia-se frágeis, sem acautelar entendimentos de regime em matérias-chave como a Economia, Segurança ou Justiça. E tal cenário abrange não só o PS e PSD como as restantes forças políticas.

Quanto à permanência de Dias Loureiro no Conselho de Estado, disse respeitar todos os conselheiros e não ter informação adicional que justifique mudar de registo público sobre a polémica em torno do ex-dirigente do PSD sobre o caso BPN.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)