Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Cavaco promove racionalização da energia

O Presidente da República (PR) pretende obter uma maior racionalização e optimização da energia nos edifícios do Palácio de Belém. Para isso, Cavaco Silva pediu uma auditoria energética ao complexo presidencial, que será apresentada amanhã, quarta-feira.
29 de Janeiro de 2008 às 14:34
A auditoria surgiu por ocasião das II Jornadas do Roteiro para a Ciência, em Março último, numa altura em que o PR visitou alguns exemplos na área das energias limpas e renováveis. O Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação (INETI), a EDP e a Galp aceitaram a proposta e apresentaram medidas para melhorar o desempenho energético do Palácio de Belém.
Uma fonte presidencial explicou que o “objectivo do Presidente da República foi o de dar o exemplo e conseguir ao mesmo tempo obter uma redução efectiva e significativa da factura energética e das emissões de CO2”.
Entre as medidas que poderão ser adoptadas destacam-se as alterações de funcionamento e de comportamento, racionalidade e optimização de consumo e novos equipamentos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)