Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

CDS contra quebra de acordo

O CDS-PP questionou ontem o Governo sobre as razões da alegada quebra dos compromissos assumidos com o Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior (CNAVES), que consideram estar na base da demissão dos seus responsáveis.
27 de Julho de 2006 às 00:00
“Em reunião conjunta entre o CNAVES e o Governo foi aprovado um programa experimental para 2006. Porém, tal não foi possível concretizar devido à paralisação do sistema nacional de avaliação do ensino superior por inviabilização financeira, da parte do Governo”, criticou o CDS, em requerimento entregue no Parlamento. Lembrando que o ex-líder do CDS Adriano Moreira abandonou a presidência do CNAVES, juntamente com seis conselheiros do organismo, devido “à impossibilidade de funcionamento do organismo”, os democratas-cristãos sublinham que “neste momento não está em curso nenhum processo de avaliação”.
Na segunda-feira, o líder do CDS-PP, Ribeiro e Castro, já tinha acusado o Governo de agir, no Ensino Superior, de “forma silenciosa e cobarde”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)