Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

CDS-PP considera "chocante" críticas da Comissão Europeia

Em causa está o aumento do salário mínimo.
23 de Dezembro de 2014 às 14:17
Ribeiro e Castro mostra-se indignado com a posição da Comissão Europeia.
Ribeiro e Castro mostra-se indignado com a posição da Comissão Europeia. FOTO: Fernando Ferreira

O CDS-PP qualificou esta terça-feira de "chocante" a posição da Comissão Europeia sobre o aumento do salário mínimo nacional e vai pedir que o relatório daquela entidade divulgado na segunda-feira seja discutido na comissão de Assuntos Europeus.


"O CDS vai pedir que, na próxima reunião da comissão de Assuntos Europeus, seja agendado um ponto para apreciar o relatório, uma vez que o queremos criticar vigorosamente, porque dá outra vez conta de uma obsessão da Comissão Europeia com o aumento do salário mínimo nacional", disse à Lusa o vice-presidente da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais José Ribeiro e Castro.

Ribeiro e Castro transmitiu que os centristas consideram "chocante a tomada de posição da Comissão Europeia", que criticou o aumento do salário mínimo nacional.

"Além da mensagem alarmista sobre os mercados que é particularmente injusta a errada e que a Comissão Europeia não tinha o direito de o fazer, consideramos inadmissível que a Comissão tenha o topete de considerar que um aumento para 505 euros é de mais", argumentou o deputado que é o coordenador dos centristas na comissão de Assuntos Constitucionais.

Ribeiro e Castro sublinhou que aquele "foi um aumento bastante moderado e modesto enquadrado numa economia ainda débil".

"Consideramos particularmente chocante que a primeira vez que a nova Comissão Europeia se pronuncia sobre Portugal, que acaba de cumprir de forma exemplar um programa de ajustamento, tenha a manifesta infelicidade de comentar daquela forma um ponto de enorme importância social", sustentou.

Para o deputado e ex-líder centrista, a posição é "particularmente criticável quando a Comissão não pode esquecer que é a guardiã dos tratados e o modelo dos tratados europeus é a economia social de mercado".

CDS-PP salário Comissão Europeia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)