Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

CDU CRIA PROBLEMAS A RUI RIO

O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio (PSD), admitiu ontem que a autarquia pode vir a ser gerida em regime de duodécimos caso a CDU vote contra o Orçamento de 2004.
4 de Junho de 2003 às 00:00
"Se o Orçamento não passar, a Câmara não cai. Fica a viver em duodécimos", afirmou Rui Rio após a reunião semanal do executivo camarário, em que o vereador da CDU, Rui Sá, apresentou um documento crítico da política de habitação seguida pela autarquia.
Rui Rio frisou que, mesmo que Rui Sá renunciasse aos pelouros que lhe atribuiu (Ambiente e Reforma Administrativa), "a Câmara não caía", ficando "na mesma situação que muitas câmaras do País". Rui Sá já garantiu no entanto, que não se vai demitir dos pelouros que tem.
A Câmara do Porto é liderada com maioria relativa por uma coligação entre o PSD e o CDS-PP, tendo Rui Rio atribuído ao eleito da CDU dois pelouros e nenhum aos seis vereadores do PS.
Ver comentários