Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

CDU herda 11 milhões

A Câmara Municipal do Barreiro deverá atravessar um período de dificuldades no próximo ano. O recém-eleito presidente da Câmara, o comunista Carlos Humberto, denunciou esta semana a situação e anunciou uma dívida herdade do executivo do socialista Emídio Xavier da ordem dos 11 milhões de euros.
7 de Novembro de 2005 às 00:00
O edil, que tenciona fazer reuniões em todas as freguesias da autarquia, revelou casos concretos como a dívida de 900 mil euros à ADSE. Carlos Humberto tenciona ver aprovado até Fevereiro de 2006 um Plano de Actividades e Orçamento.
Uma das suas prioridades são as obras públicas no concelho. Recorde-se que o PS perdeu a autarquia nas eleições de 9 de Outubro para os comunistas depois de a terem conquistado em 2001 também ao PCP. A equipa liderada por Carlos Humberto tem quatro vereadores, os mesmos que o PS e por isso não tem maioria absoluta.
O PSD, que conseguiu a eleição de um vereador – Bruno Vitorino – viabilizou há oito anos a maioria comunista e há quatro a do PS.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)