Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Centenas de "indignados" entregam 'ajuda' a Cavaco

Mais de duas centenas de pessoas concentraram-se esta terça-feira junto ao Palácio de Belém para mostrar a sua "indignação" para com as declarações de Cavaco Silva sobre a sua reforma, deixando "uma moedinha" e outros bens para ajudar o Presidente da República a superar as dificuldades económicas.
24 de Janeiro de 2012 às 20:20
Centenas juntaram moedas e bens alimentares para ajudar Cavaco Silva
Centenas juntaram moedas e bens alimentares para ajudar Cavaco Silva FOTO: Tiago Sousa Dias

O protesto surgiu ontem nas redes sociais e reuniu, em pouco mais de 24 horas, mais de duas centenas de pessoas, na sua maioria reformados, mas também muitos jovens.

"Vim deixar uma palavra de indignação", disse Marco Marques, de 28 anos, argumentando que "ficou muito mal" ao Presidente da República, "um dos padrinhos da austeridade", ter tentado colocar-se "no papel do coitadinho".

"Há milhares de pessoas em situação precária ou com baixas reformas. O Presidente ofendeu essas pessoas quando disse que não tem dinheiro para pagar essas contas quando recebe mais de 10 mil euros por mês", acrescentou.

Os manifestantes fizeram um 'peditório' para ajudar Cavaco Silva. Além de moedas, outros trouxeram pão, leite, cereais e até um cigarro. Os organizadores tentaram entregar os bens na Presidência da República, mas foram impedidos.

Os reformados sentem-se indignados pelas palavras de Cavaco Silva e dizem mesmo que o Presidente da República deve "um pedido de desculpas" formal a todos os portugueses.

cavaco silva protesto indignados declarações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)