Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Centenas de manifestantes na Universidade do Minho esperaram por Passos Coelho

Centenas de pessoas concentraram-se esta quarta-feira em frente à Universidade do Minho à espera do primeiro-ministro, mas voltaram a não conseguir cruzar-se com Pedro Passos Coelho.
4 de Julho de 2012 às 12:24
Centenas de pessoas concentraram-se esta quarta-feira  em frente à Universidade do Minho à espera de Passos Coelho
Centenas de pessoas concentraram-se esta quarta-feira em frente à Universidade do Minho à espera de Passos Coelho FOTO: d.r.

O corte dos subsídios de férias e de Natal é um dos principais motivos do protesto.

Os manifestantes insurgem-se também contra a fusão das freguesias e outras medidas de austeridade. O coordenador da União dos Sindicatos de Braga está presente nos protestos.

Dezenas de pessoas já se tinham concentrado hoje em frente à Bosch, em Braga, para vaiar o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, mas a comitiva governamental acabou por não se cruzar com os manifestantes, ao entrar por uma outra porta.

Com bandeiras pretas, gaitas e apitos, os manifestantes queixavam-se, sobretudo, de corte de subsídios e contractos precários.

Pedro Passos Coelho apadrinha uma parceria entre a Bosch Car Multimedia Portugal e a Universidade do Minho, em Braga.

GovernoprotestoPassos CoelhoMinho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)