Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Central sindical dividida no apoio presidencial

Uma delegação de sindicalistas liderada pelo presidente da UGT, João Dias da Silva, foi ontem à sede de candidatura de Cavaco Silva manifestar o respectivo apoio. O facto de a delegação ser chefiada pelo presidente da UGT não traduz o apoio desta central a Cavaco Silva, uma vez que o respectivo secretário-geral, João Proença, integra a Comissão de Honra da candidatura de Mário Soares.
29 de Novembro de 2005 às 00:00
Delegação de sindicalistas manifestou apoio e entregou assinaturas para a candidatura presidencial
Delegação de sindicalistas manifestou apoio e entregou assinaturas para a candidatura presidencial FOTO: Manuel de Almeida/Lusa
À saída do encontro de ontem, que serviu para a entrega de 743 assinaturas com vista à formalização da candidatura, João Dias da Silva justificou o apoio a Cavaco Silva pelo exemplo da sua “experiência como governante”, período em que “foram dados os primeiros passos e consolidada a concertação social” no País.
Confrontado pelo CM com o facto de ali estar na qualidade de presidente da UGT, quando o secretário-geral da mesma central sindical, João Proença, apoia a candidatura de Mário Soares, o sindicalista respondeu que a central “é uma confederação multipartidária”, referindo que “36 secretários nacionais da UGT” estão com Cavaco Silva.
Considerando que “o momento difícil porque passa Portugal” implica uma “dose de confiança, mobilização e esperança”, João Dias da Silva, também secretário-geral da Federação Nacional de Educação (FNE) defende ser necessária uma “garantia de estabilidade” que, nas suas palavras, “só Cavaco Silva proporciona”.
Por sua vez, o secretário-geral da UGT, João Proença, reconheceu ao CM a divisão na central sindical, referindo que de um universo que ronda os 80 secretários nacionais “a tendência socialista apoia Mário Soares, enquanto a tendência social-democrata apoia Cavaco Silva”.
O secretário-geral da UGT adiantou ainda saber de “alguns” dirigentes nacionais da central, “três ou quatro”, que “apoiam a candidatura de Manuel Alegre”.
AGENDA
COIMBRA
Cavaco Silva está hoje em acções de campanha em Coimbra. A agenda começa pelas 12h00 com uma visita ao Centro de Paralisia Cerebral local, seguindo-se um almoço com professores universitários.
ESTUDANTES
A tarde do candidato presidencial é preenchida em encontros com estudantes e visitas a pólos universitários, empresas e laboratórios. Engenharia, sistemas e robótica são os temas em foco nos encontros.
SEDE
O dia de campanha inclui a inauguração da sede distrital de campanha, na Av. Fernão Magalhães, pelas 18h00, fechando com um jantar de empresários e comerciantes na Fundação Bissaya Barreto, às 20h00.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)