Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Cimeira representa “centralidade do prestígio português”

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou esta quinta-feira que a cimeira da NATO, que amanhã tem início, será um "marco histórico" para a aliança, porque aprovará o "conceito estratégico de Lisboa".
18 de Novembro de 2010 às 10:07
José Sócrates discursou esta manhã
José Sócrates discursou esta manhã FOTO: d.r.

INFOGRAFIA 'CM': Veja aqui como pode evitar os constrangimentos provocados pela Cimeira 

Na abertura do Encontro de Jovens Atlantistas, no Parque das Nações, Sócrates  sublinhou que o encontro representa a "centralidade do prestígio que Portugal  tem na cena internacional".

"Esta cimeira vai ser sem dúvida um marco na história da NATO, porque, em primeiro lugar, aprovará um novo conceito estratégico da aliança e, depois,  porque incluirá um conselho NATO/Rússia, consagrando uma relação de parceria", afirmou.

Num discurso feito em português, o Chefe do Executivo disse também que esta cimeira será ainda histórica, "porque será palco de decisões muito importantes no desenvolvimento da operação em curso no Afeganistão".

O Encontro de Jovens Atlantistas decorre até sábado em paralelo com a Cimeira da NATO.

Ver comentários