Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

COELHO PODE SAIR DE CENA

Jorge Coelho não fecha à porta à ideia de abandonar a vida política. Nos próximos três meses o coordenador autárquico socialista vai manter-se fora de cena por motivos de saúde, mas o seu futuro no PS é uma incógnita.
26 de Junho de 2003 às 00:00
Há quem diga que regressará em força à direcção do PS, mas segundo as informações recolhidas pelo Correio da Manhã, o socialista que se tornou o número dois do governo de António Guterres pode decidir em sentido contrário. Tudo está em aberto.
O responsável pela coordenação autárquica socialista e presidente da comissão parlamentar de Poder Local, Ordenamento do Território e Ambiente tem estado arredado das lides político-partidárias nos últimos dois meses, num dos momentos mais difíceis para o maior partido de oposição. O interregno pode ser definitivo se Coelho entender que não tem condições, sobretudo políticas, para continuar a ocupar as funções que até agora desempenhava no PS. O caminho a seguir será ditado conforme os ventos na direcção socialista. O ex-ministro de Guterres pode optar ainda por um resguardo mais alargado para uma recuperação total.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)