Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Confederações patronais pedem Governo mais activo

As confederações patronais CIP, CCP, CAP e CTP consideram que o Governo pode fazer mais para travar o aumento do desemprego, referiu o presidente da CAP, João Machado, depois de uma audiência esta terça-feira com o Primeiro-ministro.
17 de Março de 2009 às 14:41

Em vésperas da Cimeira Europeia, João Machado disse ainda que “é preciso mais do Governo, da União Europeia e de alguns países europeus, como a Alemanha, que poderiam estar a fazer mais e não estão'.  

A crise económica, juntamente com a energia e o ambiente foram os temas principais na audição entre as confederações patronais e José Sócrates.

Devido ao forte impacto que a crise está a ter nas empresas, as confederações patronais solicitaram ao primeiro-ministro uma atenção especial para a dificuldade de acesso ao crédito por parte das pequenas e médias empresas (PME) e para as elevadas taxas de juro, bem como para a necessidade de programas mais alargados de formação profissional para se manterem os postos de trabalho.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)