Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Conselho nacional do CDS marca congresso da sucessão de Assunção Cristas

Reunião demorou seis horas e meia e terminou de madrugada.
Lusa 18 de Outubro de 2019 às 05:39
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas

O conselho nacional do CDS-PP para marcar o congresso da sucessão de Assunção Cristas demorou seis horas e meia e terminou esta sexta-feira de madrugada, sem que nenhum dos dirigentes "em reflexão" tenha anunciado uma candidatura à liderança.

Nem João Almeida, deputado e porta-voz do partido, nem Filipe Lobo d'Ávila, do grupo "Juntos pelo Futuro", nem o líder da JP, Francisco Rodrigues dos Santos, que está "disponível para aquilo que os militantes" entenderem que pode "ser mais útil", disseram claramente estar na corrida à sucessão de Cristas, que se afastou depois dos maus resultados do CDS das legislativas, em 06 de outubro, disseram à Lusa vários conselheiros nacionais.

Foram mais de seis horas de reunião em que, na primeira parte, os três dirigentes e Abel Matos Santos, único candidato assumido, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), fizeram intervenções em que falaram dos resultados do partido, que passou de 18 para cinco deputados, com 4,2% dos votos, e pediram reflexão sobre o futuro.

Assunção Cristas CDS CDS-PP política partidos e movimentos eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)