Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Convocados para parque suspenso

A Câmara de Lisboa promoveu uma reunião para determinar a instalação do estaleiro para a construção do parque de estacionamento no Largo Barão de Quintela, no Chiado, obra que foi reprovada em Outubro pela Assembleia Municipal e suspensa pela vereadora do Urbanismo, Gabriela Seara.
7 de Dezembro de 2006 às 00:00
 Paula Teixeira da Cruz
Paula Teixeira da Cruz FOTO: Jorge Paula
A reunião, realizada na semana passada, foi convocada pela Divisão de Gestão e Controle Automático de Tráfego, Circulação e Estacionamento, que desconhecia que a obra estava suspensa. Como tal, a reunião realizou-se porque “havia nos serviços um pedido de licenciamento”, explicou ao CM a porta--voz da Mobilidade, Luísa Folque.
Na reunião estiveram a EMEL (Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa), o dono da obra (a Emparques) e a chefe da divisão camarária, que desconheciam o relatório aprovado por unanimidade pela Assembleia Municipal, presidida por Paula Teixeira da Cruz.
E foi a presidente da Junta de Freguesia da Encarnação, Alexandra Figueira, também no encontro, que se prontificou a enviar-lhes uma cópia do relatório, que recomenda à Câmara “não autorizar a construção do parque” e propõe uma solução em silo, destinada sobretudo aos residentes.
Ver comentários