Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Costa abre residência ao público com concerto de Zambujo e poemas de Sophia

Primeiro-ministro passeará pelos jardins de São Bento e acompanhará as atividades culturais a partir do início da tarde.
22 de Abril de 2019 às 18:16
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
António Costa
A residência oficial do primeiro-ministro volta a estar aberta ao público no feriado de 25 de Abril, quinta-feira, com um programa que inclui um concerto de António Zambujo e leitura de poemas de Sophia de Mello Breyner.

Tal como em anos anteriores, durante da tarde de 25 de Abril, António Costa passeará pelos jardins de São Bento e acompanhará as atividades culturais a partir do início da tarde, fazendo uma breve intervenção pelas 16h50, antes de inaugurar pelas 18h30, na Fortaleza de Peniche, um memorial em homenagem aos presos políticos.

De acordo com o programa de festejos já definido pelo gabinete do primeiro-ministro, as portas do palacete de São Bento serão abertas ao público pelas 14:00, com animação Caretos de Podence, do nordeste transmontano, no exterior da residência oficial.

Entre as 14h30 e as 19h00, nos jardins de São Bento terão então lugar vários espetáculos musicais, com destaque para António Zambujo (17:00), para o punk filarmónico da Fanfarra Kaústica (primeiro às 16:00 numa atuação deambulatória e depois às e 18:00 no encerramento) e para a Filarmónica da Gafanha da Nazaré - uma das mais antigas do país, que interpretará Zeca Afonso e outros cantores da Revolução de Abril logo na abertura da tarde cultural.

A meio da tarde, segundo o gabinete do primeiro-ministro, atuará a Companhia Nacional de Bailado, apresentando uma das coreografias consideradas "mais importantes" do seu reportório, "Savalliana", de Rui Lopes Graça, "numa versão especialmente concebida para os jardins de São Bento".

Outro dos destaques da programação do dia 25 de Abril na residência oficial do primeiro-ministro será a homenagem a Sophia de Mello Breyner Andersen, cujo centenário do seu nascimento se comemora este ano.

Sophia de Mello Breyner Andersen será homenageada com uma leitura de poemas dirigida pelo diretor do Teatro Nacional D. Maria II, Tiago Rodrigues. A leitura de poemas será feita por Eunice Munoz, Albano Jerónimo, Isabel Abreu, Bruno Nogueira. Matilde Campilho, Caroilina Amaral, Teresa Coutinho, além de Tiago Rodrigues.

Durante a tarde de quinta-feira, serão ainda alvo de distinção mais duas mulheres: a antiga primeira-ministra Maria de Lourdes Pintassilgo, e a artista plástica Lourdes Castro, a quem a Casa da Cerca (Centro de Arte Contemporânea) dedica um ?workshop' de construção de cartazes. António Costa, momentos antes da sua intervenção, vai também descerrar um painel tridimensional em azulejo de Lourdes Castro.

Já o primeiro-ministro, após assistir à atuação do Grupo Coral Infantil Pequenas Espigas (da Cova da Moura), pelas 15:00, visita uma mostra de produtos regionais também patente nos jardins de São Bento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)