Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Costa admite agravamento de medidas caso a situação pandémica piore

Primeiro-ministro pediu esponsabilidade coletiva à população para o evitar.
Lusa 14 de Outubro de 2020 às 15:06
António Costa
António Costa FOTO: Lusa
O primeiro-ministro admitiu esta quarta-feira o agravamento de medidas face à pandemia de covid-19, caso a situação de pandemia no país piore, pedindo responsabilidade coletiva à população para o evitar.

"Vamos evoluir para o estado de calamidade e podemos evoluir para outros estados se as circunstâncias assim o impuserem, mas temos todos de concentrar no esforço coletivo para evitar que isso seja necessário e se todos o fizerem isso não será necessário. Se nem todos o fizerem, o risco de isso acontecer será maior", disse António Costa.

O primeiro-ministro falava aos jornalistas na conferência de imprensa realizada após o Conselho de Ministros que decidiu elevar para situação de calamidade, a partir de quinta-feira, o nível de alerta em Portugal para face à covid-19.

António Costa política executivo (governo) governo (sistema)
Ver comentários