Costa admite criar autoridade nacional contra a violência no desporto

O primeiro-ministro quer combater episódios de violência no desporto como aquele que se viveu esta terça-feira em Alcochete.
16.05.18
Costa admite criar autoridade nacional contra a violência no desporto
António Costa Foto Lusa
O primeiro-ministro admitiu esta quarta-feira, 16 de Maio, em Sofia, na Bulgária, que o Governo poderá criar uma autoridade nacional contra a violência no desporto que evite situações como a que se viveu esta terça-feira em Alcochete na academia do Sporting. 

"É necessário reforçar as medidas, designadamente avançar com uma autoridade nacional contra a violência no desporto que permita agir também nestas situações", afirmou António Costa, em declarações à TVI24. O Governo reage assim aos actos de violência e vandalismo praticados esta terça-feira no balneário do Sporting na academia em Alcochete antes do treino de preparação para a final da Taça da Liga contra o Desportivo das Aves. 

Para Costa é necessário "assegurar a punição para quem cometeu actos criminosos", mas também a realização do jogo. "É absolutamente intolerável esta crescente violência no desporto", classificou o primeiro-ministro, assinalando que o futebol "é algo suficientemente importante para todos para adoptarmos as medidas essenciais para o proteger de quem o quer destruir". 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!