Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Costa contra criação de Chinatown

O presidente da Câmara de Lisboa classificou ontem de “absolutamente estranha” a criação de uma Chinatown na Baixa lisboeta e assegurou que esta possibilidade “não está na agenda da autarquia, nem sequer na agenda de ponderação”.
14 de Setembro de 2007 às 00:00
António Costa
António Costa FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa
“Não está no meu espírito nem no espírito da Câmara uma iniciativa desse tipo que aliás me foi referida, não por Maria José Nogueira Pinto, mas pela Associação de Comerciantes Industriais Chineses que, durante a campanha eleitoral, me transmitiu que gostaria de uma iniciativa desse tipo. Mas não está neste momento na nossa agenda, nem sequer na agenda de ponderação”, disse António Costa após uma audiência com Cavaco Silva.
O presidente da autarquia reagia assim às declarações de Maria José Nogueira Pinto ao ‘Expresso’, segundo as quais admitia pretender “travar a proliferação das lojas chinesas” na Baixa-Chiado “porque se continuam naquele território nunca mais vai ser possível deitar mão ao pequeno comércio”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)