Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Costa recusa que situação do ministro da Saúde seja "um caso"

Sobre caso de Manuel Pizarro ser sócio-gerente de uma empresa, considerando que quem começar a exercer cargos públicos precisa "de fazer o seu ajustamento".
Lusa 5 de Outubro de 2022 às 14:34
António Costa
António Costa FOTO: Reuters
O primeiro-ministro recusou esta quarta-feira que a situação do ministro da Saúde ser sócio-gerente de uma empresa seja "um caso" e que Manuel Pizarro esteja fragilizado, considerando que quem começar a exercer cargos públicos precisa "de fazer o seu ajustamento".

Em declarações aos jornalistas no final da cerimónia que assinala a Implantação da República, em Lisboa, António Costa considerou que se está "a abusar talvez um pouco da palavra casos".

"Não, não é um caso, é um problema que acontece necessariamente a qualquer pessoa que, estando a exercer uma atividade privada, quando passa para o exercício de uma atividade pública tem de deixar de exercer essa atividade privada, e há umas que se pode fazer num minuto, há outras que leva duas semanas", defendeu, recusando que esta situação fragilize Manuel Pizarro.

António Costa Manuel Pizarro política partidos e movimentos governo (sistema) executivo (governo)
Ver comentários