Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Costa quer liberdade de circulação no espaço lusófono

Assinalados os 40 anos do início do processo de independência.
24 de Junho de 2015 às 14:28
"A libertação dos povos africanos e o fim do colonialismo são irmãos da libertação do povo português", disse Costa
'A libertação dos povos africanos e o fim do colonialismo são irmãos da libertação do povo português', disse Costa FOTO: Hugo Delgado/Lusa

O secretário-geral do PS definiu esta quarta-feira como projeto cimeiro a existência de liberdade de circulação no espaço lusófono, num discurso em que considerou a luta contra a ditadura irmã da libertação e independência dos países africanos.


António Costa falava no início de um almoço com embaixadores dos países de expressão portuguesa na sede nacional do PS, em Lisboa, que se destinou a assinalar os 40 anos do início do processo de independência das antigas colónias, no qual estiveram também presentes o ex-chefe de Estado Jorge Sampaio, o presidente honorário do PS, Almeida Santos, o presidente atual deste partido, Carlos César, e o dirigente socialista Sérgio Sousa Pinto.


"A libertação dos povos africanos e o fim do colonialismo são irmãos da libertação do povo português no 25 de Abril de 1974. Isso marca uma fraternidade muito grande, porque a luta contra a ditadura foi desenvolvida em paralelo com a luta contra o colonialismo", salientou o líder socialista no seu breve discurso, antes de defender como principal objetivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) "o aprofundamento do pilar de cidadania", com a existência "de liberdade de circulação".

PS António Costa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)