Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Crise alimentar será discutada em cimeira

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, afirmou esta sexta-feira que o aumento dos preços dos alimentos será inevitavelmente, um dos temas a debater na cimeira de Lima entre a União Europeia (UE), a América Latina e Caraíbas (ALC) no Peru.
16 de Maio de 2008 às 15:51
O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado
O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado FOTO: d.r.

O responsável pela diplomacia portuguesa explicou que a crise alimentar é um tema que está “na ordem do dia”, devido ao inesperado aumento dos preços dos bens alimentares que afecta tanto a América Latina, como também a UE.

Neste sentido, é indiscutivelmente uma matéria a discutir nesta cimeira, pois quem mais sofre na Europa como na América Latina “são as camadas mais pobres e vulneráveis”.

A parceria estratégica para a Cimeira de Lima, entre a ALC e a UE, foi criada em 1999, no Rio de Janeiro, e contará com a presença de líderes políticos de 60 países da América Latina, Caraíbas e União Europeia.

Ver comentários