Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Crise mais grave e novos sacrifícios

A crise económica será mais grave em 2012, o que vai obrigar a mais sacrifícios para as famílias e empresas. O boletim económico de Outono do Banco de Portugal traça um cenário pessimista, com uma contracção da economia de 2,2%, que será certamente pior quando conhecidas as medidas restritivas do Orçamento para 2012.
7 de Outubro de 2011 às 01:00
Carlos Costa considera que a crise será ainda pior em 2012
Carlos Costa considera que a crise será ainda pior em 2012 FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Os responsáveis do Banco de Portugal não têm dúvida em afirmar que, para atingir os objectivos de redução do défice para 5,9% (em 2011) e 4,5% (em 2012), serão necessárias "medidas adicionais significativas", o que implica um agravamento da austeridade, além de uma utilização mais acelerada das medidas que constam do Documento de Estratégia Orçamental, nomeadamente a transferência dos fundos de pensões da Banca.

O travão no consumo privado (que cairá mais de 7% entre 2011/2012) será mais significativo já a partir deste trimestre, com as famílias a abdicar quer de bens duradouros (casas e carros), quer de bens não duradouros (bens alimentares, vestuário etc.). Esta quebra está directamente relacionada com a sobretaxa que incidirá sobre o subsídio de Natal, com a incerteza face às perspectivas económicas e com o mercado de trabalho. Neste particular, o Banco de Portugal realça a existência de "um período, sem precedentes, de quebra continuada do emprego", que dura já desde 2008.

Já o investimento sofrerá uma diminuição superior a 20%.

OE PARA 2012 COM RECTIFICATIVO

O Orçamento do Estado (OE) para 2012 não foi entregue ontem, como previsto. Será apresentado apenas no próximo dia 10 de Outubro em reunião extraordinária do Conselho de Ministros. O Governo irá apresentar novo orçamento rectificativo para 2011, de correcção do desvio financeiro encontrado nas contas deste ano. O rectificativo será entregue em conjunto com o OE para 2012.

CARLOS COSTA BANCO DE PORTUGAL CRISE ORÇAMENTO SACRIFÍCIOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)