Cristas desafia Governo a cancelar sessão com pessoas contratadas

Iniciativa ocorre no âmbito do Conselho de Ministros extraordinário que se realiza este domingo para assinalar os dois anos do Governo.
Por Lusa|25.11.17
  • partilhe
  • 0
  • +
A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, afirmou este sábado que se o Governo "tivesse um pingo de vergonha", no domingo, cancelaria a sessão que organizou em Aveiro com recurso a pessoas alegadamente contratadas.

As declarações de Cristas foram feitas depois de o jornal Sol ter noticiado este sábado que o Governo liderado por António Costa vai pagar 36.750 euros a um grupo de 50 cidadãos, que participa num estudo na Universidade de Aveiro e depois vai fazer perguntas ao executivo.

A iniciativa ocorre no âmbito do Conselho de Ministros extraordinário que se realiza este domingo para assinalar os dois anos do Governo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!