Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

"Depois do coronavírus, Lisboa vai livrar-se dos Airbnb": Fernando Medina afirma que é tempo de mudar

Presidente da Câmara de Lisboa afirmou no jornal The Independent que as prioridades mudaram e é preciso devolver a cidade à população.
Correio da Manhã 6 de Julho de 2020 às 11:39
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Fernando Medina
Num artigo de opinião publicado no jornal The Independent, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, assume que estes são tempos de mudança e que a capital portuguesa, "depois do coronavírus" vai livrar-se dos Airbnb. 

Segundo Medina, é tempo de reavaliar prioridades e o que antes era a favor dos turistas, agora tem de ser devolvido aos portugueses visto que se pagou alto por esta forma de agir. 

Trabalhadores essenciais e famílias são cada vez mais forçados a sair, já que os alojamentos de férias do estilo Airbnb ocupam mais de um terço das propriedades no centro da cidade de Lisboa, aumentando os preços de aluguer, esvaziando comunidades e ameaçando seu caráter único", refletiu o autarca.

Uma cidade mais verde, sustentável e melhor para morar e visitar. São estes os objetivos de Fernando Medina. 

"Com muito mais pessoas a trabalhar permanentemente em casa, faz sentido que mais lisboetas troquem os subúrbios pela cidade, onde podem aceder facilmente aos transportes públicos, serviços e tirar proveito de festivais e concertos", afirma o autarca. 

Medina afirma ainda que esta é uma estratégia que garante a melhoria da saúde pública e ajuda a enfrentar a crise climática. 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)