Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Deputada assume que marcou presenças e desmente Silvano sobre passwords

Emília Cerqueira diz que assinou pelo secretário-geral do PSD "sem querer".
9 de Novembro de 2018 às 16:40
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira, deputada do PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
José Silvano PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira, deputada do PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
José Silvano PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira ao lado de José Silvano
Emília Cerqueira, deputada do PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
José Silvano PSD
O secretário geral do PSD, José Silvano
A deputada Emília Cerqueira explicou esta sexta-feira no Parlamento que tem a password de José Silvano, contrariando assim o secretário-geral do PSD que referiu esta quinta-feira que nenhum colega tinha acesso à sua palavra passe.

"Tenho a password de alguns colegas de quem sou muito próxima, tal como eles têm a minha. Faz parte da vida de muitas organizações", assumiu, acrescentando que "os deputados partilham as palavras-passe" pela necessidade de ver ficheiros que se partilham. 

"A documentação está acessível apenas no computador dele [Silvano]" e "sempre que necessário eu acedo", revelou ainda. 

"Várias vezes o fiz e assumo-o, mas, ao contrário daquilo que fizeram passar ou da imagem que estão a criar, não para marcar presenças do deputado José Silvano, coisa que ele nunca me pediu nem eu fiz, pelo menos propositadamente, porque percebo agora que o fiz inadvertidamente. Lamento que tal tenha sucedido e mais ainda lamento que se tenha criado um circo mediático à volta de uma coisa tão simples como um colega partilhar ficheiros de outro colega", disse.

Silvano, protagonizou na quinta-feira a primeira declaração pública sobre as falsas presenças em reuniões plenárias, seis dias após o jornal semanário Expresso ter noticiado o caso, mas sem responder a perguntas dos jornalistas, acrescentando querer que a Procuradoria-Geral da República, que já anunciou estar a analisar o caso, investigue o sucedido.

O deputado garantiu não ter autorizado ninguém a utilizar a sua "password" - pessoal e intransmissível - para registo de deputados no hemiciclo do parlamento, permanecendo por explicar como foi assinalada a sua presença em plenário em duas datas em que esteve ausente.

José Silvano ascendeu ao cargo de secretário-geral do PSD em março deste ano após demissão de Feliciano Barreiras Duarte, também alvo ele de notícias sobre irregularidades no percurso académico e na morada para efeitos de cálculo de abonos das deslocações como deputado.
deputado do PSD Emília Cerqueira Parlamento secretário-geral do PSD José Silvano política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)