Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Deputados do CDS-PP atacam Vítor Gaspar

O porta-voz do CDS-PP, João Almeida, e o deputado Adolfo Mesquita Nunes, ambos da comissão de Orçamento, criticaram esta segunda-feira que o ministro das Finanças tenha afirmado que o Orçamento do Estado não é alterável.
15 de Outubro de 2012 às 21:10
João Almeida escreveu que "qualquer orçamento tem margem para ser alterado no Parlamento"
João Almeida escreveu que 'qualquer orçamento tem margem para ser alterado no Parlamento' FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

"Qualquer orçamento tem margem para ser alterado no Parlamento. Negá-lo é negar o fundamento do parlamentarismo e do sistema democrático", escreveu João Almeida na rede social Facebook.

João Almeida é porta-voz do CDS-PP, vice-presidente da bancada parlamentar e integra a comissão de Orçamento e Finanças, tal como Adolfo Mesquita Nunes, que tem ainda assento na comissão de acompanhamento da 'troika'.

"Não esperem de mim que aceite que este Orçamento de Estado é, tal como está, inalterável. E terei oportunidade de o dizer directamente ao ministro das Finanças", escreveu Adolfo Mesquita Nunes na sua página do Facebook.

Contactado pela Lusa, Mesquita Nunes não quis acrescentar qualquer comentário à sua publicação na rede social. A Lusa tentou igualmente, sem sucesso, contactar o deputado João Almeida.

O CDS-PP reservou para terça-feira uma reacção oficial ao Orçamento do Estado para 2013, no mesmo dia em que Vítor Gaspar se vai reunir com as bancadas do PSD e do CDS.

deputados cds-pp joão almeida adolfo mesquita nunes facebook vítor gaspar finanças orçamento de estado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)