Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Desconto do IRS no Orçamento de Estado para 2020 vai abranger 160 mil jovens trabalhadores

Medida pretende estimular os jovens a estudarem mais e também visa reter o talento no País.
Lusa 17 de Dezembro de 2019 às 16:12
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
António Mendonça Mendes
A isenção parcial de IRS que os jovens entre os 18 e os 26 anos vão poder beneficiar a partir de 2020 vai abranger cerca de 160 mil pessoas, disse esta terça-feira o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

"Esta medida vai abranger cerca de 160 mil jovens. Estamos a falar de jovens que são estimulados a terminar ciclos de formação", referiu António Mendonça Mendes, assinalando que esta medida pretende estimular os jovens a estudarem mais e também visa reter o talento no país.

O secretário de Estado falava à margem de uma conferência "Orçamento do Estado 2020", organizada pela Faculdade de Direito e pelo projeto Católica Tax, da Universidade Católica Portuguesa, com o apoio da KPMG.

Em causa está uma medida, chamada de IRS Jovem, que consta da proposta do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) e que prevê a atribuição de uma isenção de IRS sobre 30% do rendimento auferido no primeiro ano de atividade, de 20% no segundo e de 10% no terceiro, em relação a rendimentos de trabalho dependente (Categoria A).

IRS política economia negócios e finanças orçamento do estado e impostos macroeconomia orçamento
Ver comentários