Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

"Deus permita que a direita volte ao poder": Ventura acusa socialistas de não saberem gerir a crise

Chega votou contra o novo estado de emergência.
Correio da Manhã 13 de Janeiro de 2021 às 12:06
Líder do Chega, André Ventura
André Ventura
Líder do Chega, André Ventura
André Ventura
Líder do Chega, André Ventura
André Ventura
O Chega disse esta quarta-feira durante o debate sobre a renovação do nono estado de emergência até dia 30 de janeiro, que o Governo não se soube preparar nem para a segunda nem para a terceira vaga. O líder do partido, André Ventura, afirma que o "Governo não se preparou para uma tragédia previsível".

O deputado do Chega lembra que António Costa disse que o país não aguentava outro estado de emergência e acusa Portugal de ser "dos que menos gasta no combate à pandemia".

"Os socialistas nunca souberem sequer gerir uma crise, quanto mais uma guerra. Que Deus permita que a direita volte ao poder a Portugal para dar a resposta que o país precisa", afirmou ainda o deputado acusando o PS de não ter sabido gerir a pandemia.

O partido de André Ventura votou contra o novo estado de emergência.
André Ventura Chega Estado de Emergência
Ver comentários