Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

DIAS LOUREIRO DEFENDE SANTANA

A quatro dias do congresso social-democrata em Barcelos, o presidente da Mesa do Congresso do PS, Dias Loureiro, saiu em defesa de Pedro Santana Lopes.
9 de Novembro de 2004 às 00:00
Em declarações à TSF, Dias Loureiro considerou ontem que o actual presidente do partido e primeiro-ministro tem toda a legitimidade para reforçar a sua liderança à frente dos destinos do PSD.
“Ele tem legitimidade, pois foi eleito pelo órgão próprio, mas agora quer reforçar a sua legitimidade. Tem todo o direito de o fazer”, afirmou Dias Loureiro.
O antigo ministro da Administração Interna de Cavaco Silva deixa, no entanto, alguns avisos. Primeiro, espera que o conclave traga “respostas” concretas para os problemas dos portugueses. Segundo, Dias Loureiro considera que o mês de Junho de 2005 é uma boa altura para apresentar o candidato presidencial, mas nem quer ouvir falar em nomes.“Não me parecia cordial que neste momento o PSD fosse indigitar um candidato presidencial”, avisa.
O melhor é “esperar” que surjam os candidatos. “Sem dúvida que temos as nossas preferências e, em função disso, vamos dar o nosso apoio”, sublinhou o dirigente social--democrata.Na moção de Santana Lopes, recorde-se, o primeiro-ministro defende a apresentação de um candidato em Junho de 2005.
Calendários presidenciais à parte, as moções sectoriais – que ultrapassam as duas centenas – versam sobre vários temas como a fragilidade das lideranças. Por exemplo, Carlos Carreiras, de Cascais, defende que nos últimos cinco anos não houve nenhum líder que deixasse o partido fortalecido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)