Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Dilma quer ampliar relações comerciais mútuas

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira em Lisboa que o Brasil tem interesse em ampliar as relações comerciais e os investimentos, elevando o "patamar de relacionamento" entre os dois países.

 

10 de Junho de 2013 às 20:03

"Nós temos todo o interesse em ampliar a nossa relação comercial e os investimentos recíprocos que temos entre os nossos países", disse Dilma Rousseff.

A chefe de Estado brasileira fez estas declarações depois de um encontro com o Presidente português, Aníbal Cavaco Silva, em Belém.

As relações económicas entre os dois países celebram "um outro patamar de relacionamento entre nós, no campo dos investimentos diretos externos", referiu Dilma, saudando os investimentos da Embraer em Portugal, com as duas unidades em Évora, e da Galp no Brasil, sobretudo nos campos de petróleo.

Dilma declarou ainda que o Brasil tem um olhar de preocupação com a crise financeira na Europa, que afeta a economia global.

"Nós temos uma preocupação muito grande com a situação social e com o desemprego" na Europa, referiu.

"Expressei ao Presidente o meu desejo de que estejam mais próximos os momentos que vão levar a uma retoma do crescimento" e a "uma melhoria da situação para populações europeias", acrescentou.

A Presidente Dilma Rousseff também destacou a assinatura do memorando de entendimento entre o governo brasileiro com o parque de tecnologia de Cantanhede, o Biocant Park, hoje assinado, e com o Laboratório Ibérico de Braga, que trabalha na área da nanociência.

Dilma disse que "reconhece um parente em cada esquina", referindo-se aos fortes laços culturais entre os dois países e assumiu que é necessário um reforço da cooperação na área da indústria criativa, como na produção cultural e moda.

A Presidente brasileira chegou por volta das 17h00 ao Palácio de Belém e foi recebida por Cavaco Silva, com honras militares.

CAVACO OFERECE JANTAR

Do encontro ainda participaram os ministros das Relações Exteriores dos Brasil, Antonio Patriota, da Educação, Aloízio Mercadante, e da Cultura, Marta Suplicy, e pelo lado português, esteve presente o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

Dilma Rousseff encontrou-se com Mário Soares, num hotel de Lisboa, e vai reunir-se também com Pedro Passos Coelho, na residência oficial do primeiro-ministro português.

Na sua segunda visita oficial a Portugal, que coincide com o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a Presidente brasileira estará ainda na cerimónia de entrega do Prémio Camões a Mia Couto, no Palácio de Queluz.

Depois da cerimónia, Dilma Rousseff participará num jantar oferecido pelo Presidente Cavaco Silva, antes de seguir, ao fim da noite, de regresso ao Brasil.

cavaco silva belém dilma rousseff brasil investimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)