Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

DINHEIRO DA UE É PREFEITO

Os prefeitos (autarcas) brasileiros pretendem aproveitar os fundos comunitários postos à disposição das autarquias e grupos empresariais portugueses para resolver os seus problemas de gestão de serviços municipais ligados ao ambiente e abastecimento de água.
4 de Junho de 2003 às 00:00
Os prefeitos estão a conhecer a gestão municipal portuguesa
Os prefeitos estão a conhecer a gestão municipal portuguesa FOTO: Francisco Gomes
Dorival Correia Bruni, presidente do Instituto Biosfera, disse ontem, nas Caldas da Rainha, que esta "é uma possibilidade muito atraente para as empresas e autarquias portuguesas entrarem no mercado brasileiro e cooperarem mais".
"Temos tido mais cooperação com França, Espanha e Alemanha, mas é mais lógico aproveitar o canal com Portugal, tendo em conta a raiz cultural que nos une", explicou o presidente da organização não governamental brasileira que trouxe a Portugal 70 prefeitos e vereadores brasileiros, que participam até sexta-feira num seminário sobre modernização da gestão municipal.
Artur Trindade, secretário-geral da Associação Nacional de Municípios Portugueses, disse ao nosso jornal que a possibilidade que vê para esta cooperação é o Programa Urbe, destinado a acções de investigação e debate de modelos de gestão na América Latina. Para o presidente da Biosfera, "desde que Portugal entrou na União Europeia tem tido um grande desenvolvimento e muitos projectos foram feitos com financiamentos, os mesmos que podem ser aplicados em cooperações técnicas e intercâmbios com municípios brasileiros".
A experiência nacional pode servir na gestão dos sistemas de abastecimento de água, recolha de lixo e conservação florestal, que podem merecer o financiamento para uma intervenção "tanto ao nível dos governos municipais como de grupos empresariais portugueses".
Ver comentários