Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Direção proposta por André Ventura chumbada pelos delegados na Convenção Nacional do Chega

Atual líder do partido vai ter de apresentar uma nova lista. Ventura tinha apresentado uma lista com 14 nomes.
SÁBADO 20 de Setembro de 2020 às 13:33
A proposta para a direção apresentada por André Ventura na Convenção do Chega deste domingo foi rejeitada pelos delegados do partido, forçando o presidente do partido a ter de apresentar uma nova lista, confirmou a SÁBADO.

A lista precisava de uma aprovação superior a dois terços para ser eleita. Estavam inscritos 510 delegados e 378 votaram a favor da nova direção. Uma pessoa votou em branco e outra em nulo. 183 pessoas votaram contra a proposta de direção, levando a que a mesma não fosse aprovada.

A lista apresentada por André Ventura este domingo era composta pelo ideoólogo do partido Diogo Pacheco Amorim, pelo professor universitário Gabriel Mithá Ribeiro, o embaixador no Qatar António Tanger Correia, Nuno Afonso e o presidente do Sindicato do Pessoal Técnico da PSP, José Dias. Esta era a constituição da direção apresentada pelo líder do Chega. 

Já os vogais do partido são Ricardo Regalla Pinto, Lucinda Ribeiro, Rita Matias, Pedro Frazão, Patrícia Sousa Uva, Tiago Sousa Dias, Fernando Gonçalves e ainda um vogal a ser nomeado pelo Partido Pró-Vida, explica o Observador. 

André Ventura foi eleito como líder do partido há duas semanas com 99% dos votos.
André Ventura política partidos e movimentos chega convenção nacional
Ver comentários