Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Durão Barroso recebe Prémio Carlos V em Espanha

Prémio vai ser entregue por Príncipe das Astúrias.
16 de Janeiro de 2014 às 09:29
Durão Barroso, atual presidente da Comissão Europeia
Durão Barroso, atual presidente da Comissão Europeia FOTO: EPA/Mauricio Duenas Castaneda

Durão Barroso recebe esta quinta-feira em Espanha, das mãos do Príncipe das Astúrias, o Prémio Carlos V, numa cerimónia onde intervirão os chefes do Governo de Portugal e de Espanha, Pedro Passos Coelho e Mariano Rajoy.

O presidente da Comissão Europeia foi reconhecido com a edição de 2012 do galardão por representar o interesse geral num período de crise e pela contribuição para o desenvolvimento da Europa.

A cerimónia, que decorre a partir das 12h00 (11h00 em Lisboa) no Real Mosteiro de Yuste, na região de Cáceres – onde foi instalado um forte dispositivo de segurança –, conta com as presenças, entre outros, do presidente da Extreadura, Antonio Monago e do chefe da diplomacia espanhola, José Manuel García-Margallo.

Outorgado em Mérida (Espanha) e dotado com 45 mil euros, o prémio foi dado a conhecer pelo presidente do Governo de Estremadura, José Antonio Monago, em setembro.

Atribuído anteriormente a individualidades como Mikhail Gorbachov, Jacques Delors, Felipe González e Javier Solana, o prémio recorda o papel de Barroso durante a crise financeira europeia, por "apostar sempre na União Europeia para enfrentar os desafios" da atualidade.

O presidente da Comissão Europeia decidiu destinar ao Liceu Camões e à Associação Cais 45 mil euros do prémio, segundo disse à Lusa fonte do gabinete de Durão Barroso em Bruxelas.

PRÉMIO CARLOS V É OCASIÃO PARA “PASSAR MENSAGEM DE CONFIANÇA” (09H40)

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, considerou esta quinta-feira que receber o Prémio Carlos V, entregue pelo príncipe das Astúrias, é uma ocasião parar "passar uma mensagem de confiança na Europa".

"Significa muito para mim. É uma ocasião de passar uma mensagem de confiança na Europa. Considero que não é só um reconhecimento pessoal, mas constitui mensagem de confiança sobre o que a Europa está a fazer", afirmou na televisão regional da Extremadura.

A agenda de Durão Barroso nesta região espanhola arrancou ao início da manhã com um encontro com o presidente do Governo regional em Mérida, José Antonio Monago, na sede da presidência do Governo regional da Extremadura.

Depois de uma foto de família com os membros do Governo regional, na Sala de Bandeiras, Barroso deslocou-se para os estúdios do ‘Canal Extremadura Television’ para uma entrevista conjunta com José Antonio Monago no programa ‘Primeira Página’.

"É uma honra receber [o prémio] das mãos do príncipe Felipe, na presença dos chefes de Governo de Portugal e Espanha. Sinto-me muito bem na Extremadura, aqui em Mérida, na capital da Lusitânia", disse.

Barroso recordou as mudanças que a integração europeia trouxe a níveis económicos, sociais e culturais para Portugal e Espanha, algo que se evidenciou desde a adesão.

cerimónia Durão Barroso Prémio Carlos V Espanha Príncipe das Astúrias cerimónia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)