Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Durão pode ir ao PE

Ainda não há qualquer pedido formal, mas a avaliar pelas informações nos jornais belgas, os eurodeputados do Grupo dos Verdes podem vir a solicitar explicações ao presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, sobre o caso de financiamento ilegal da Somague ao PSD, detectado nas contas de 2002 pelo Tribunal Constitucional, no valor de 233 mil euros. Segundo a Rádio Renascença, os eurodeputados belgas do Grupo dos Verdes não devem deixar cair o assunto.
28 de Agosto de 2007 às 00:00
Durão Barroso era o líder do PSD em 2001 e José Luís Arnaut o secretário-geral do partido
Durão Barroso era o líder do PSD em 2001 e José Luís Arnaut o secretário-geral do partido FOTO: António Cotrim/Lusa
Este caso tem merecido alguma atenção da imprensa belga, ao ponto do jornal ‘Echo’ ter noticiado na passada semana em título: “Barroso enlameado pelo financiamento ilegal do seu partido”. Na altura, a porta-voz do executivo comunitário, Amélia Torres, afirmou, citada pelo referido jornal que “a Comissão não tem por princípio comentar os desenvolvimentos estritamente nacionais. Não temos portanto nada a dizer sobre este assunto”. Contudo, Barroso também já fez saber que não foi contactado por qualquer autoridade judicial portuguesa na sequência de uma prestação de serviços da empresa Novodesign ao PSD que foi facturada pela Somague SA, em 2001.
O actual presidente da Comissão Europeia era o líder social-democrata. O seu secretário-geral, José Luís Arnaut, já escreveu ao Tribunal Constitucional a dar conta da sua responsabilidade política, apesar de ter delegado em Vieira de Castro, o sector das Finanças.
Farpas de marcelo
Durão Barroso não comentou o caso até ao momento, mas Marcelo Rebelo de Sousa, no seu programa na RTP 1, afirmou domingo que o ex-líder social-democrata “devia dizer qualquer coisa, sobretudo porque teve o mérito, enquanto primeiro-ministro, de criminalizar este tipo de situações”. Marcelo elogiou ainda o actual líder, Marques Mendes, e criticou Arnaut pela referência à delegação de competências a Vieira de Castro na sua reacção ao acórdão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)