Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Edite Estrela pode ser a coordenadora

A eurodeputada Edite Estrela pode ser a coordenadora de campanha do PS sobre o referendo à despenalização da interrupção voluntária da Gravidez (IVG).
1 de Dezembro de 2006 às 00:00
Edite Estrela
Edite Estrela FOTO: Manuel Moreira
O facto de ter dado a cara em vários momentos da discussão – nomeadamente no programa ‘Prós e Contras’ ou quando organizou uma conferência sobre este dossiê, no âmbito do Partido Socialista Europeu – contribui para a sua escolha, que deverá ser anunciada já na próxima segunda-feira, dia 4 de Dezembro, quando se reunir, pela primeira vez desde o congresso, o Secretariado Nacional.
Os membros do secretariado mantêm os seus anteriores pelouros e Augusto Santos Silva, a única novidade naquele órgão partidário, deverá acumular funções ligadas à estratégia do Executivo com as do secretariado.
Uma coisa é certa, o PS já tem o discurso alinhado. Os socialistas “farão a sua intervenção” como partido e estimularão os seus dirigentes a participar nos vários movimentos pelo ‘sim’. Sócrates já prometeu participar em campanha, mas a sua agenda será das últimas a definir.
Ver comentários