Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Eleições: Líder da CGTP fala em “atentado à inteligência”

O secretário-geral da CGTP criticou, nesta segunda-feira, os partidos políticos de realizarem uma campanha eleitoral sem discutirem as causas e os responsáveis pela situação do País, não mencionando também as medidas da troika.
30 de Maio de 2011 às 18:05
Secretário-geral da CGTP diz que não é possível encontrar um futuro melhor para o País se não forem discutidas as causas e os responsáveis pela situação
Secretário-geral da CGTP diz que não é possível encontrar um futuro melhor para o País se não forem discutidas as causas e os responsáveis pela situação FOTO: Pedro Catarino

"Os partidos que apoiam as medidas da troika andam na campanha numa atitude de autênticos vendedores da banha da cobra distanciando-se do que é fundamental. Estão comprometidos a aplicar uma política de que não falam", disse Carvalho da Silva em conferência de imprensa.  

Para Carvalho da Silva, esta atitude "é um atentado à inteligência dos  portugueses".  

O secretário-geral da CGTP referiu que não é possível encontrar um futuro melhor para o País se não forem discutidas as causas e os responsáveis pela situação.  

"Há uma espécie de tapete enorme debaixo do qual se empurram escondendo as causas e os responsáveis e continuamos a assistir a práticas de compadrio e de corrupção que levaram à situação em que o País se encontra. Basta ver o descalabro das parcerias público-privadas", disse.  

Na opinião de Carvalho da Silva, "o verdadeiro programa de Governo preparado para o País é o chamado entendimento da troika que tem conteúdos e matérias concretas com prazos de aplicação definidos com impactos duros para os trabalhadores". 

"Este programa não vem resolver nenhum dos problemas estruturais do País e basta olhar a experiência da Grécia para sabermos que a situação do País será pior daqui a um ano", frisou.  

Carvalho da Silva criticou, entre vários aspectos, a defesa da redução da taxa social única, considerando-a prejudicial "desequilibrando o orçamento e encaminhando a Segurança Social para o descrédito.  

cgtp legislativas eleições carvalho da silva governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)