Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

"Em equipa que ganha não se mexe", diz Cristas sobre cargo de Joana Marques Vidal na PGR

Líder do CDS-PP criticou também o arranque do regresso às aulas.
17 de Setembro de 2018 às 13:37
Asunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Asunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Asunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Assunção Cristas
A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, voltou a debruçar-se esta segunda-feira sobre a continuação de Joana Marques Vidal no cargo de procuradora-geral da República.

"Já fiz esse apelo ao presidente da república para que possa ouvir os partidos. Do lado do CDS continuaremos a reforçar a recondução de Joana Marques Vidal. Se temos aqui um valor seguro, não nos faz sentido estar a trocar por outra pessoa. Em equipa que ganha não se mexe", explicou Assunção Cristas, na rubrica "3 Minutos", no Jornal da 1 da CMTV.

O mandato de Joana Marques Vidal termina a 12 de outubro, depois de ter sido bastanta elogiada ao longo do seu mandato, mas havendo também várias críticas apontadas.

Durante os três minutos que teve à sua disposição, Assunção Cristas criticou também o arranque do regresso às aulas. "Há vários problemas. Há o problema da colocação dos professores, há outro que inquieta muito as famílias, que é o dos manuais escolares. Vemos aqui muitas coisas a correrem mal", disse.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)