Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Escutas tramam Narciso

Telefonemas revelam que ex-autarca pediu faturas falsas a amigo para simular obras em sede de associação. Queria ocultar desvio de 35 mil euros.
Ana Isabel Fonseca 5 de Dezembro de 2014 às 10:39
Narciso Miranda
Narciso Miranda FOTO: Ricardo Pereira

O ex-autarca de Matosinhos Narciso Miranda foi apanhado em escutas a pedir a um amigo faturas falsas para simular obras na sede da associação Matosinhos Para Sempre e assim justificar o desvio de 35 mil euros para uma conta pessoal. As escutas foram a principal prova apresentada pela juíza de instrução do Tribunal de Matosinhos para pronunciar o ex-autarca, que vai a julgamento com mais 16 arguidos.

"As escutas telefónicas são claríssimas. Primeiro ouve-se o arguido Jorge Cerqueira a tentar junto de terceiros arranjar faturas falsas e a explicar que essas eram para Narciso Miranda. E depois é o próprio antigo presidente da Câmara de Matosinhos que fala das faturas e que revela estar muito preocupado com a situação", relatou a magistrada.

Narciso Miranda vai responder pelos crimes de falsificação de documentos e abuso de confiança. O dinheiro que desviou destinava-se, segundo a acusação, a financiar a candidatura à autarquia em 2009. "Percebe-se perfeitamente nas conversas telefónicas quais eram as intenções do arguido Narciso Miranda quando pediu as faturas falsas", defendeu a juíza.

A abertura da instrução foi pedida por cinco arguidos, entre os quais não estava Narciso. A decisão é, no entanto, extensível a todos. "O meu cliente reclama a inocência. No julgamento vamos provar que nada do que está na acusação corresponde à verdade", diz ao CM Paula Godinho, advogada do antigo autarca.

Este novo processo no qual Narciso Miranda será julgado envolve também um representante da Fazenda Pública junto do Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto. O arguido António Rocha recebia, segundo a acusação, elevados montantes de dinheiro e em troca deixava o Estado perder processos. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)