Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

ESPANHOL ELEITO EM ESTRASBURGO

O deputado socialista espanhol Josep Borrell foi ontem eleito presidente do Parlamento Europeu (PE) para a primeira metade da legislatura, ou seja, para os próximos dois anos e meio.
21 de Julho de 2004 às 00:00
A eleição de Borrell ocorreu no primeiro dia da primeira sessão plenária da nova legislatura europeia, que ontem decorreu em Estrasburgo, e na sequência de um acordo entre os dois maiores grupos políticos no PE – o dos socialistas e o dos populares – que deverá facilitar a eleição de Durão Barroso para a presidência da Comissão Europeia amanhã.
Borrell foi eleito com 643 votos, mais 64 do que necessitava para ascender ao cargo máximo do PE. Os outros dois candidatos, o liberal polaco Bronislaw Geremek e o comunista francês Francis Wurtz conseguiram 208 e 51 votos, respectivamente.
O novo presidente do Parlamento Europeu tem 57 anos e foi cabeça-de-lista do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) às Eleições Europeias do mês passado. No seu país foi, por duas vezes, ministro das Obras Públicas e um destacado membro da Comissão de Assuntos Europeus do Parlamento. Borrell participou activamente na Convenção sobre o Futuro da Europa, mas, curiosamente, este é o seu primeiro mandato de eurodeputado.
Na segunda metade da legislatura, a presidência do PE será entregue a um deputado popular, provavelmente o alemão Hans-Gert Poettering, que ontem fez questão de associar a eleição de Borrell à confirmação de Durão Barroso como presidente da Comissão. Contudo, o líder do PSE, Martin Schultz, rejeitou essa ligação, frisando que se ela existisse, na segunda metade da legislatura o presidente da Comissão tinha de ser um socialista.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)