Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

"Estou aqui para ser primeiro-ministro de Portugal" (ACTUALIZADA)

O candidato à liderança do PSD José Pedro Aguiar-Branco afirmou esta terça-feira que os militantes do partido têm uma grande responsabilidade no dia 26 de Março: "Não só elegem o próximo presidente do PSD como podem eleger o próximo primeiro-ministro". A declaração foi feita na inauguração da sua sede de campanha em Lisboa, muito próximo do Parlamento.
2 de Março de 2010 às 19:44
Aguiar-Branco é um dos candidatos à liderança social-democrata
Aguiar-Branco é um dos candidatos à liderança social-democrata

Mais, Aguiar-Branco frisou que estava preparado para ser primeiro-ministro: 'Estou aqui para ser primeiro-ministro de Portugal'.
 
Numa sala com alguns apoiantes desde Alexandre Relvas a Mota Amaral, o presidente da distrital do PSD/Lisboa, Carlos Carreiras, também esteve presente.
 
Um discurso com cinco páginas assinalou o momento. Aguiar-Branco acusou o Governo de ter suspendido funções e de ter deixado uma herança com 'cinco anos de casos inexplicáveis, incidentes por explicar e muitas meias verdades'.
 
Ao partido pediu para que o congresso extraordinário sirva para se iniciar uma reforma interna e recusou que seja uma sondagem para as directas ou que não sirva para nada. Segundo apurou o CM, Aguiar-Branco levará ao Congresso algumas ideias para se alterar os estatutos numa óptica de se abrir mais o partido à sociedade civil.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)