Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

EUROPA QUER EVITAR FUGA DE CÉREBROS

A União Europeia perde claramente em relação aos Estados Unidos quando se trata de atrair e manter os melhores investigadores, mas a Comissão Europeia (CE) decidiu contrariar essa tendência.
21 de Julho de 2003 às 00:00
A CE comprometeu-se a aumentar o recrutamento de investigadores e a oferecer-lhes condições para que permaneçam em território comunitário. Isto porque, e segundo um estudo da Comissão, para se tornar competitiva a nível científico, a UE vai precisar de perto de 700 mil investigadores nos próximos anos. Ao apresentar as medidas para evitar a fuga de cérebros do espaço europeu, o comissário europeu para a Investigação, Philippe Busquin, afirmou que “é urgente melhorar a imagem dos empregos científicos na UE e facilitar a circulação de jovens licenciados nos Estados–membros”. As medidas da CE inserem-se no objectivo consagrado na Estratégia de Lisboa de fomentar a investigação até 2010.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)