Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Ex-assessora tratou de viagem de Rui Rio a Luanda

Encontro com João Lourenço, com Manuela Souto ao lado, gera mal-estar no partido.
Diana Ramos e Paula Gonçalves 1 de Julho de 2018 às 10:09
Rui Rio acusa Governo de 'irresponsabilidade política'
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio acusa Governo de 'irresponsabilidade política'
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio acusa Governo de 'irresponsabilidade política'
Rui Rio
Rui Rio
O presidente do PSD quis antecipar-se ao primeiro-ministro no encontro com o presidente de Angola, João Lourenço, mas arrisca-se a que o tiro lhe saia pela culatra. Rui Rio marcou presença no Palácio da Cidade Alta, em Luanda, ao lado de uma lobista, segundo o 'Expresso', o que está a gerar mal-estar no partido.

Segundo informação recolhida pelo CM, Manuela Souto foi há muitos anos assessora num governo do PSD e estará a trabalhar em Angola desde há algum tempo. O seu percurso é, contudo, pouco conhecido dos profissionais da comunicação que habitualmente conhecem os meios do poder em Angola. Manuela Souto terá ligação a generais próximos de João Lourenço, apurou o CM, tendo usado o MPLA como porta de entrada de Rio para o convite da viagem a Luanda, que foi tratado em poucos dias.

Em Coimbra, onde reuniu o Conselho Estratégico Nacional, Rui Rio foi ontem confrontado pelo CM com o facto de se ter feito acompanhar pela ex-assessora na reunião com o presidente angolano. O líder social- -democrata desvalorizou o facto de, nas imagens, aparecer sentado ao lado de Manuela Souto. "Não vou desviar as atenções para aspetos laterais provavelmente fomentados por quem não terá ficado muito contente com a minha deslocação a Angola", afirmou recusando falar sobre o papel da lobista na visita. "Não vou olhar a aspetos de pormenor", reafirmou após a insistência no tema, frisando que "relevante é a relação entre Portugal e Angola". Rio garantiu que toda a visita foi preparada por Tiago Correia de Sá, responsável do partido para a política externa, que o acompanhou em "todas as reuniões".

Ainda assim, são vários os críticos que apontam erros - atribuíveis à lobista - na gestão da agenda de Rui Rio em Luanda, como por exemplo o encontro com o ex-chefe de estado José Eduardo dos Santos.

Portugal vai pagar preço elevado por 35 horas na saúde
O presidente do PSD disse em Coimbra que Portugal vai pagar um preço político elevado pela redução das 40 para as 35 horas semanais na Saúde. "É notório que o Governo teve de fazer esta alteração, para poder agradar ao PCP e ao BE e assim formar a coligação parlamentar que foi formada", disse Rui Rio aos jornalistas após a reunião do Conselho Estratégico Nacional do PSD.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)