Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Ex-ministro das Finanças defende orçamento do PSD

O ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos diz que o Orçamento de Estado para 2012, de Vítor Gaspar, "é uma resposta adequada às exigências dos compromissos com a troika", mas entende que a crise financeira é um ‘fogo’ europeu que tem que ser apagado com medidas concretas, e não apenas preventivas.
14 de Dezembro de 2011 às 01:00
O ex-ministro considera que o orçamento de 2012 é “adequado”
O ex-ministro considera que o orçamento de 2012 é “adequado” FOTO: Jorge Paula

"Os líderes da Europa estão numa tentativa de erro. Em cada cimeira parece que vai sair um coelho da cartola", disse o antigo governante do PS, numa conferência no Porto. Teixeira dos Santos defende o reforço dos poderes de controlo do ministério das Finanças e um Comissário Europeu para as Finanças. Alertou, ainda, para o perigo de acabar a moeda única. "Sem o euro, a Europa deixa de existir no panorama internacional, cada vez mais polarizado entre a China e os EUA".

ORÇAMENTO CRISE TEIXEIRA DOS SANTOS PSD FINANÇAS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)