Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

EXEMPLO PORTUGUÊS

O primeiro-ministro dinamarquês e presidente em exercício da União Europeia (UE) apontou o papel dos portugueses no encontro de culturas e civilizações, no século XV, como exemplo a seguir actualmente por europeus e asiáticos.
23 de Setembro de 2002 às 20:36
A referência de Anders Fogh Rasmussen foi feita durante o jantar informal dos Chefes de Estado e de Governo presentes na quarta cimeira Ásia-Europa (ASEM), cuja abertura oficial decorreu ontem em Copenhaga e que tem no "Diálogo de Culturas e Civilizações" um dos seus temas principais. Essa importância está directamente ligada ao actual contexto de luta contra o terrorismo, onde se apontam sinais de antagonismo entre o Oriente islâmico e o Ocidente cristão que os líderes políticos europeus e asiáticos pretendem desfazer nesta ASEM IV.

O assunto justificou também a realização, pela primeira vez nestas cimeiras euro-asiáticas, de um almoço a sós por parte dos diferentes líderes políticos participantes, entre os quais o primeiro- -ministro português, Durão Barroso, e o presidente da Comissão Europeia, Romano Prodi.

Na origem daquela evocação dos laços estabelecidos há longo tempo existentes entre europeus e asiáticos - e que se pretendem reforçar tanto a nível político como comercial e cultural - esteve uma tapeçaria datada de meados do século XV exposta no Castelo de Hamlet, na localidade dinamarquesa de Elsinor onde decorreu o referido jantar. A tapeçaria, onde está representado um rinoceronte, foi oferecida ao então Governador português da Índia pelo Sultão de Gurojat, segundo fonte da comitiva portuguesa.

Subjacente às palavras de Anders Fogh Rasmussen estava o reconhecimento de que a ASEM constitui um palco privilegiado para, na sequência dos atentados de 11 de Setembro, reforçar a unidade entre culturas e religiões diversas na luta contra o terrorismo e para a prevenção de riscos à segurança internacional. Destaque neste capítulo para os fluxos migratórios clandestinos e para o tráfico de seres humanos (nomeadamente mulheres e crianças), que lhe estão normalmente associados, com origem na Ásia e destino na União Europeia (UE).

O reforço da segurança na aviação civil e no transporte marítimo - apontado como um dos possíveis meios a usar num eventual futuro ataque terrorista da al-Qaeda - por parte dos operadores asiáticos é outro dos assuntos que os Quinze vão colocar na mesa durante a ASEM VI.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)