Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

“Faço sempre aquilo que entendo fazer”

"Faço sempre aquilo que entendo que devo fazer". Foi desta forma que Manuel Alegre respondeu aos sinais indicadores de uma crescente expectativa do BE em relação à eventual ruptura do histórico socialista com o próprio partido.
10 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Manuel Alegre
Manuel Alegre FOTO: João Miguel Rodrigues

Sem fazer mais comentários sobre uma tese que ao longo dos tempos ganha consistência, o deputado do PS considerou "normais" as conclusões saídas da VI Convenção do BE e revelou que já esperava dos bloquistas uma posição a favor da criação de "uma esquerda grande" e "anti-capitalista".

Manuel Alegre acredita que "com as iniciativas já realizadas [que juntaram a ala esquerda do PS, o BE e a Renovação Comunista] quebrou-se o tabu da incomunicabilidade entre as diferentes esquerdas". Mas o caminho a percorrer, acredita, "será complicado", já que a tradição desta corrente "é de conflito", lembrou.

Ver comentários