Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Fernando Nobre: "Todos os portugueses são africanistas de Massamá"

Fernando Nobre afirmou este sábado que todos os "portugueses são africanistas de Massamá" e que ele é pelo menos o "maior" entre os candidatos pelo círculo eleitoral da capital.
21 de Maio de 2011 às 18:05
Fernando Nobre numa visita à feira solidária da escola básica 2,3 Egas Moniz, de Massamá
Fernando Nobre numa visita à feira solidária da escola básica 2,3 Egas Moniz, de Massamá FOTO: Cm

"Faço questão de dizer aqui em Massamá que eu, como todos os portugueses, somos africanistas de Massamá. Sou o maior e talvez o mais africanista de todos os candidatos, por Lisboa e talvez não só", afirmou Nobre durante a visita à feira solidária da escola básica 2,3 Egas Moniz, de Massamá. 

O candidato às legislativas de 5 de Junho recordou ter nascido em África e deixou um recado aos portugueses: "Ai do português que pensa ter o puro sangue celtibero. Não conhece nada da nossa História."  

Na quinta-feira, o deputado e presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, Luís Pita Ameixa, apelidou o líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, de "africanista de Massamá".           

Aproveitando a visita à feira solidária, Fernando Nobre lembrou as situações de "pobreza muito gravosas" que existem em Portugal.

"Pela primeira vez na nossa história está a haver uma corrente de emigração, de saída de pessoas de Lisboa para países estrangeiros", sublinhou o candidato, acrescentando que o desemprego.  

Segundo Nobre, a resposta das instituições de solidariedade está no "limite" face ao crescimento das solicitações. "Precisa-se de um Estado eficaz e elegante para que as gorduras desnecessárias sejam aplicadas onde são absolutamente necessárias, que é junto dos mais desfavorecidos", disse o candidato.

Fernando Nobre Pedro Passos Coelho Massamá Escola básica 23 Egas Moniz Feira solidária
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)