Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Fernando Ulrich pede novas eleições em Maio

O presidente executivo do BPI, Fernando Ulrich, disse esta quarta-feira, em entrevista à RTP1, que a "única maneira de contornar isto [crise política] é ter eleições em Maio".
17 de Outubro de 2012 às 21:32
"O PSD não tem de se coligar necessariamente com o CDS. Também se pode aliar ao PS", respondeu Ulrich
'O PSD não tem de se coligar necessariamente com o CDS. Também se pode aliar ao PS', respondeu Ulrich FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Ulrich defendeu que, numa altura em que o País vive "momentos pressionantes", as eleições legislativas deviam decorrer de dois em dois anos. Deste modo, para resolver o actual diferendo na coligação PSD/CDS-PP, o banqueiro disse-se favorável a uma nova ida às urnas já no momento em que o actual Executivo completa dois anos.

"O PSD não tem de se coligar necessariamente com o CDS. Também se pode aliar ao PS", respondeu Ulrich, quando questionado se o partido actualmente liderado por Passos Coelho devia seguir sozinho ou coligado de novo com o partido de Paulo Portas.

Mais à frente, Ulrich considerou que o "Governo fez mal em ter subestimado a decisão do Tribunal Constitucional" e que nessa altura perceberia que o Governo se tivesse demitido.

"Uma crise agora não faz sentido. O melhor é entenderem-se e ir depois a eleições em Maio", reforçou.

fernando ulrich banqueiro banca bpi rtp entrevista eleições crise troika psd passos cds-pp passos
Ver comentários