Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Funcionário da PT faz revelações

O funcionário da PT Pedro Saraiva afirmou ontem que os dados telefónicos incluídos no ‘Envelope 9’, anexo ao processo Casa Pia, foram dados pela PT a pedido de um procurador, com quem revelou ter-se encontrado.
13 de Dezembro de 2006 às 00:00
Ouvido na comissão de inquérito parlamentar, por ter integrado em 2003 o departamento jurídico da PT, com responsabilidades no fornecimento de informações aos tribunais, Pedro Saraiva disse que a PT recebeu directamente de um procurador um pedido de informação, na sequência de “uma delegação de poderes do juiz de instrução criminal” e que se encontrou com esse procurador.
Fernando Negrão, do PSD, criticou esta declaração: “Não há memória de um juiz delegar poderes num procurador nem de dar instruções ao procurador.” E Vera Jardim, do PS, disse que “memória eu também não tenho de que haja coisas dessas, mas, enfim, aqui aconteceram”. Saraiva disse desconhecer a existência de “filtros informáticos” que ocultassem os restantes telefones da conta Estado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)