Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Funcionários públicos para a PSP e a GNR

Pedro Passos Coelho, o único candidato assumido à liderança do PSD, defende que os funcionários públicos colocados no regime de mobilidade devem ser transferidos para a GNR e para a PSP, de forma a libertar militares e agentes das funções administrativas.
17 de Janeiro de 2010 às 00:30
Passos Coelho vai lançar livro
Passos Coelho vai lançar livro FOTO: Jorge Paula

"Não se entende que alguns excessos de pessoal administrativo existente em organismos do Poder Central e Local não possam migrar para funções administrativas das polícias, libertando o pessoal que actualmente aí se localiza", escreve Passos Coelho no livro ‘Mudar’, que irá lançar na próxima 5ª feira em Lisboa.

No capítulo dedicado à Segurança, o candidato à sucessão de Ferreira Leite, considera que uma "eventual fusão [dos corpos policiais] acarretaria a paralisia do sistema de forças de segurança" e defende que os custos com a aquisição de farda não devem ser suportados pelos profissionais.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)