Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Governo apoiou com 6,1 milhões de euros regresso de 3.500 emigrantes portugueses e familiares

IEFP recebeu perto de 2.300 candidaturas, das quais cerca de 1.600 foram aprovadas.
Lusa 15 de Fevereiro de 2021 às 12:05
Ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho
ana mendes godinho
Ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho
ana mendes godinho
Ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho
ana mendes godinho
O Governo apoiou com 6,1 milhões de euros o regresso de quase 3.500 emigrantes portugueses e familiares, ao abrigo do Programa Regressar, que abriu as candidaturas em julho de 2019, segundo dados oficiais.

De acordo com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, desde que as candidaturas arrancaram e até 31 de janeiro deste ano, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) recebeu perto de 2.300 candidaturas, das quais cerca de 1.600 foram aprovadas.

As candidaturas aprovadas representam o regresso de 3.470 pessoas, entre as quais os portugueses emigrados e os seus descendentes e outros familiares.

Governo questões sociais demografia política
Ver comentários